Quem sou eu

Minha foto
Uma pessoa cujo a missão é entreter vocês ;D

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Especial bandas/Nirvana - Kurt Donald Cobain


Hoje irei falar sobre o líder/guitarrista e vocalista da banda...

                                              KURT COBAIN

Kurt Donald Cobain, conhecido internacionalmente por Kurt Cobain (Aberdeen20 de Fevereiro de 1967 — Seattle5 de Abril de 1994) foi um cantorcompositor e músico estadunidense, famoso por ter sido o fundador/líder, vocalista e guitarrista da banda grunge Nirvana.
Kurt era uma gênio pra música, ele chegava á compor as faixas de álbum em apenas um dia, Dentre suas principais composições, o single Smells Like Teen Spirit, do segundo álbum do Nirvana, "Nevermind", foi o responsável pelo início do sucesso do grupo e do próprio Kurt, popularizando um subgênero do rock alternativo chamado grungeO Nirvana foi considerada a banda "carro-chefe da Geração X", e seu vocalista, Kurt Cobain, viu-se ungido pela mídia como porta-voz da geração, mesmo contra sua vontade, Kurt fazia suas músicas inspirado muita das vezes em acontecimentos em sua vida, geralmente tristes, tal como a faixa "Something in the Way" do álbum Nevermind, que compôs a partir da experiência de dormir/viver em baixa de uma ponte, após de ser expulso por sua mãe ou á faixa "serve the servants" em que fala sobre o divorcio de seus pais, Cobain tinha em média 1,71 cm e era magro, já chegou á pesar 52kg devido ao seu vício com heroína. Kurt Cobain era um homem simpático e sentia empatia por todos, odiava mais que tudo pessoas de qualquer forma preconceituosas.

Vindo de uma infância complicada, Cobain nunca se recuperou ao divórcio dos pais, Em fevereiro de 1976, Wendy, mãe de Kurt pediu o divórcio, surpreendendo todos da família, inclusive Don. que segundo amigos ficou arrasado com a ideia do divórcio. A queixa da mãe de Kurt era que o marido estava o tempo todo envolvido em esportes e não tinha tempo para a família. Kurt, na época, tinha nove anos e esse foi um evento que, conforme Kurt, teve um profundo efeito em sua vida. Sua mãe notou que sua personalidade mudou drasticamente - Cobain se tornou mais desafiador e recluso. Os pais de Cobain passaram a encontrar novos parceiros após o divórcio. Seu pai prometeu não se casar novamente; ele o fez até conhecer Jenny Westeby. Kurt e seu pai, Westeby e seus dois filhos, Mindy e James, mudaram-se para um novo lar juntos. Cobain gostava Westeby a princípio, pois esta lhe dava a atenção materna que ele desejava. Em janeiro de 1979, Westeby deu à luz a Chad Cobain. Esta nova família, que Cobain insistia em dizer que não era a real, estava em contraste com a atenção que Cobain recebia como filho único, ele logo então começou a expressar seu ressentimento com a madrasta. Sua mãe começou a namorar um homem que a abusava. Cobain testemunhou a violência doméstica infligida contra ela, e houve um incidente em que ela teve que ser hospitalizada com um braço quebrado. Wendy se recusou a dar queixa, e manteve-se completamente comprometida com a relação. Tudo isso deixou fortes marcas na personalidade de Cobain, que mostrava sinais de depressão desde sua adolescência, o músico tornou-se rebelde, devido sua personalidade Cobain era jogado pra morar com amigos e família, foi vivendo com a família de seu amigo cristão Jesse Reed, que Cobain se tornou um devoto da igreja cristã embora tenha renunciado ao cristianismo, ele tinha para sempre influência em sua vida e carreira, tanto que a faixa "lithium"  foi escrita sobre sua experiencia  com a família de Jesse. Aos 14 anos, Cobain ganhou uma guitarra e deu inicio á seu sonho de ter uma banda e ser um grande músico, que acabou virando realidade. 
 Além de grandioso músico Kurt também possuía um grande talento para arte, que já era notado desde a infância.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores